quarta-feira, 26 de julho de 2017

Resenha - Atraídos pelo Destino (Sheila Guedes)

ATRAÍDOS PELO DESTINO
Autora: Sheila Guedes
Editora: Independente 
Ano: 2017
Páginas: 341

Sinopse: Pode o amor curar todas as feridas da alma?  
Aos dezoito anos, depois de sofrer por anos com a brutalidade do padrasto e a omissão dos dois irmãos, Karinna sai de casa sob a promessa de se tornar uma mulher independente e nunca mais se vergar a homem nenhum. De nenhuma maneira. Tudo ia bem, até que conhece Victor. 
Ele parece ler sua alma e isso tanto a apavora como encanta.
Victor é aquele cara que todos adoram. Lindo e bem resolvido, nunca entra em confusão.. Ele vê sua vida mudar quando conhece Karinna, a Ká. A morena estonteante abala o mundo certinho que ele vive. Ela é inconstante como uma tempestade. Sua beleza o atrai de imediato, mas é sua inocência que o cativa. Ká ama e odeia com a mesma intensidade. 

Pela primeira vez ela deseja sentir as mãos de um homem em seu corpo, desvendando seus segredos.
Ele é sua salvação e sua perdição.


E chegamos ao fim dessa série maravilhosa. Confesso que ler esse ultimo livro me causou muita dor e me trouxe lembranças que há muito tempo tento esquecer. Mas eu li, sufoquei o choro e torci muito para que Karinna conseguisse dar a volta por cima.

Ká é uma menina marcada pela dor, pelo sofrimento e pelos abusos causados pelo padrasto após a morte da mãe. Ao completar a maioridade ela consegue finalmente se livrar dessa tormenta e ser dona de si. Mas as lembranças das torturas que sofreu a faz ter pesadelos horrorosos e ondas de pânico tomam conta dela quando alguém a toca sem permissão. Depois de muito tempo ela conseguiu se restabelecer, arrumou um emprego, alugou um apê, comprou uma lata velha que chama de carro e curti as baladas para aliviar o peso da mente. Sua vida agora é controlada por ela. Até que Victor surge em seu caminho.
"É, destino. O que move todos nós. O que está além da nossa vontade"

Victor é o cara que muitas meninas gostariam de namorar: bonito, inteligente, discreto, calmo, companheiro. Apesar de não beber, ele está sempre com os amigos nas baladas. Tem um ótimo emprego, mora sozinho e sua vida pode ser considerada resolvida. Mesmo com todos esses "atributos", Victor não namora. Sua vida romântica está estagnada e ele não se importa com isso. Ainda não achou a garota certa para virar seu mundo de cabeça para baixo. Não até conhecer Karinna.
"E te imagino em poses e sorrisos, voz graves e cabelos desgrenhados, presos nas minhas fantasias mais loucas e movimentadas." (Caio Fernando de Abreu)

No segundo livro da série somos apresentados ao casal e com passagens bem sutis, vemos como é o relacionamento deles. Sabemos que Karinna sofre com o passado, mas não sabemos que passado é esse. Nesse ultimo livro, tudo é explicado. Assim como nos outros a história é narrada ora por Ká, ora por Victor e os relatos dela são os mais marcantes e fortes da série. 
Desde o primeiro contato, Ká se sente atraída - ou curiosa - por Victor, mas devido aos seus traumas, ela se recusa a se envolver. Até que um belo dia, ele visita Ká no trabalho - um estúdio de tatuagens - e só para ter um momento a sós com ela, acaba fazendo uma tattoo. Depois disso, eles passam a se encontrar com mais frequência.

Victor entende que Ká tem segredos e que isso cousou um grande trauma em sua vida. Mas também entende que ela precisa de espaço e que se quiser contar alguma coisa para ele, isso deverá partir dela. O que é uma coisa bem legal. Vitimas de abusos tem dificuldades de contar para as pessoas o que aconteceu com elas. E ter esse espaço respeitado faz com que Karinna se interesse mais ainda por ele e até pense que seria bom se ele a tocasse da forma como ELA deseja.    

Para quem leu os dois primeiros livros, a mudança de foco nesse terceiro é brutal, mas foi uma mudança claramente necessária. O assunto é sério e pouco abordado pelos autores nacionais e quando abordado, é falado de uma forma superficial. Aqui não. Sheila soube escrever de uma forma super natural. A gente consegue sentir a dor, o medo, o pânico que Karinna sente quando relembra o que aconteceu com ela. A gente sofre junto com Victor para que ela consiga se livrar desse tormento e claro, desejamos que ela consiga ficar com ele completamente. 

A história é muito forte, muito bem escrita e te faz pensar tanto no ponto de vista de Ká, quanto no de Victor em relação há algumas coisas que acontecem no decorrer da história. Não é uma narrativa previsível, até pode parecer, mas existe muito mais por trás do romance em si. Há uma moral, você precisa entender que vítima é vítima não importa onde ela esteja, o que veste ou que fala. E o mais importante: Não podemos nos calar. Nunca. Mesmo que demore anos, mesmo que ninguém acredite. Falar é sempre o melhor. 
"A vida só pode ser compreendida, olhando-se para trás; mas só pode ser vivida, olhando-se para frente." (Soren Kierkegaard)

Já sinto saudades de Ká e Victor, Maysa e Ian, Clara e Théo. Esse trio de casais me pareceu tão real que sinto que vou encontrar com eles a qualquer momento. E se me dessem esses livros sem o nome da autora e me dissessem que era um livro estrangeiro eu acreditaria, pois as histórias da Sheila são tão boas quanto um livro gringo. E toda vez que me dizem que não existem bons escritores no Brasil, eu mando ler Sheila Guedes, porque francamente, ela é muito boa.  

Espero que voces tenham gostado. Deixem seus comentários e sigam o blog.

14 comentários:

  1. Nossa, que resenha maravilhosa! Muito obrigada mesmo! <3

    ResponderExcluir
  2. Olá, fiquei curiosa sobre essa série, vou procurar por essa série fiquei com vontade de ler

    ResponderExcluir
  3. Oie

    Eu não conhecia a série, mas já interessei. Parece, apesar do romance, ser uma trama forte e eu gosto quando é assim.
    Imagino todo sofrimento e traumas causados a Ká e uma superação assim é incrível, além de deixar a personagem muito próximo do leitor.
    Fiquei com vontade de ler.

    bjs

    http://www.condutaliteraria.com/

    ResponderExcluir
  4. Olá, nossa desde que vi uma resenha sobre essa série fiquei curiosa e com a sua fiquei ainda mais. Adoro histórias fortes e com personagens fortes. O nome do protagonista já me conquistou.

    Beijos.GE

    Blog:http://www.naturezaliteraria.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  5. Ahi! Eu adoro romance clichê, mas que não é previsível.
    Eu fico com o coração partido sempre que vejo história de abuso infantil. Me deixa muito pê da vida. Fiquei bastante curiosa com esse livro, vou procurar saber mais.

    Beijos
    Literatura Estrangeira

    ResponderExcluir
  6. Não conhecia essa série, mas fiquei super curiosa! Já vou buscar as outras resenhas pra entender melhor ;)

    osenhordoslivrosblog.wordpress.com

    ResponderExcluir
  7. Olá!

    Que resenha linda, mesmo que a ideia me pareça clichê, de algum modo, ela me prendeu. Adoro personagens inconstantes, pois elas costumam ser profundas e misteriosas. Gosto dessa intensidade na literatura.

    Um beijo, Carol
    Blog com V.

    ResponderExcluir
  8. Ei! Tudo bem?

    Ainda não tinha escutado falar nem da autora nem da série. Mas fiquei MEGA interessada. Falar sobre abuso é muito necessário e fico muito feliz que esse livro seja escrito por uma autora nacional. Isso é muito importante, termos assuntos sérios com escritos que sabem valorizar. Quero muito ler, principalmente por se tratar de um assunto que eu acho tão importante de ser debatido! A literatura está aí para isso, colocar assuntos sérios para que mais pessoas tenham acesso. Linda a sua resenha, linda a sua escolha de postagem! Parabéns!

    Beijos!
    http://www.as365coresdouniverso.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Uau! Fiquei bastante curiosa com a sua resenha. Esse último livro parece realmente forte. Estupro é uma temática bastante pesada, mas que deveria ser abordada mesmo. O livro parece deixar o leitor cativado com o romance da Ka e do Victor ao mesmo tempo que nos deixa indignados com a situação pela qual ela passa. Sua resenha está linda, bem detalhada, a tal ponto que e fez sentir um pouco da dor da personagem.

    Beijos

    ResponderExcluir
  10. Nunca havia visto esses livros, sua resenha é ótima, e se eu curtissw esse gênero vc teria me convencido a ler.

    ResponderExcluir
  11. Olá, tudo bom? :)
    Pelo que vi é uma trilogia e parece ser um romance bem intenso! Pareceu ser um pouco clichê, no início, mas pelo que vi, não é rs Gostei do fato de ter reviravoltas e da mudança de perspectiva. Amo romances e acho que esse me prenderia logo haha A premissa promete muito! Parabéns pela resenha!!
    Beijos, Yasmim.

    Blog: https://literarte.blog.br/

    ResponderExcluir
  12. Resenha incrível, já tinha ouvido falar da autora mas nunca tinha procurado mais dos seus livros e fiquei bastante interessada. Parabéns pela resenha!

    ResponderExcluir
  13. Eu não sou muito fã de romance clichê, mas ao acompanhar sua resenha, fiquei interessada por conhecer essa série. Essa foi a primeira vez que vi falar sobre esse livro, e desde já, quero sim ler, pois parece se tratar de um relacionamento bem intenso.

    ResponderExcluir
  14. Bom dia, tudo bem?
    Estou começando meu blog e queria a sua ajuda. Me segue lá!
    Seu blog é perfeito, amei!
    beijos.

    ResponderExcluir